Comunicação

Redes Sociais e Ministérios – 1

Um dos grandes fenômenos da comunicação dos últimos anos tem sido as redes
sociais (Facebook, twitter, orkut, etc.). Sem dúvida, as rede sociais tem mudado a
maneira como nos relacionamos uns com os outros. Eu avalio com grande
admiração o simples fato de que nos últimos meses eu tenho me conectado com
amigos que não via há mais de vinte anos. Sem duvida, as rede sociais são um fenômeno
que está aqui para ficar. Olhando por esta perspectiva, a maior questão e, como fazer
o melhor uso das redes sociais como um instrumento de ministério pessoal e de sua
igreja.
Aqui estão algumas estratégias que tenho usado para promover e divulgar o
ministério, e tem provado ser efetivo na comunicação do evangelho de ambos, crentes
e não-crentes.
1. Comunique mais do que anúncios regulares (reuniões, ensaios, etc.) – Desde que a
maioria dos usurários gasta a maior parte do dia navegando em rede sociais, do
que olhando email, a tendência natural é de usar redes sociais para fazer anúncios,
mas não use apenas para anúncios, envie versículos bíblicos, informação sobre seu
ministério, pedidos de oração, vídeos de sermões, louvor e ilustrações, devocionais,
etc.
2. Dê aos usuários/amigos a oportunidade de responder ao seu status. É muito
importante que eles saibam como colocar o status do seu ministério nas páginas
pessoais, e também comentem no seu status. Instrua e encoraje todos que
façam o mesmo.
3. Centralize sua fonte de informação – Algumas vezes, a uma grande confusão de
identidade e informação, quando igrejas e ministérios possuem diferentes fontes de
informação. Por exemplo, igrejas que tem Facebook e website, tem mais dificuldade
de manter as duas fontes de informação atualizadas e, naturalmente, o Facebook será
o mais fácil de atualizar, deixando a website de lado. Neste caso, uma solução
simples é a de usar sua website para informações básicas como: descrição de
ministérios, horários dos cultos, informações sobre a igreja/ministério… E use
Facebook como ferramenta de atualização de calendário, e eventos especiais. Uma
maneira de manter todas estas fontes atualizadas, é o uso de Twitter como a única
fonte de informação e Facebook como fonte de distribuição. Com o uso de sites
especializados em distribuição de informação, este processo fica muito mais fácil. Um
exemplo:
Em nossa igreja, todos os ministérios tem uma conta no Twitter. Uma vez que certo
ministério publica um status no Twitter, FriendFeed (site de distribuição:
www.friendfeed.com) distribui a informação na página do Facebook da igreja e na
website da igreja, simultaneamente. (Figura 1)



É muito importante que os usuários/amigos do Facebook reconheçam que a presença
da igreja/ministério nas redes sociais é algo relevante e até necessária para atingir os
objetivos de comunicação e informação, que irão conectar crentes e não crentes ao
Reino de Deus de uma forma efetiva e diária. Represente Cristo nas redes sociais
de forma digna, e faça deste recurso uma extensão da sua igreja sete dias por
semana, 24 horas por dia.

 

Sobre o Autor

Joey Santos

Adicionar comentário

Clique aqui para publicar um comentário

  • ~text?txtsize=33&txt=350%C3%97250&w=350&h=250

Receba nossa Newsletter

Inscreva-se para receber ainda mais conteúdo no seu e-mail!

Threesome